COMO LEVAR SEU PET PARA OS EUA

Você pode levar seus pets (dogs, cats, brids, etc.) para os EUA, a passeio ou de mudança, saiba quais as regras.


Publicado em 10 Novembro 2019

Compartilhe:      

COMO LEVAR SEU PET PARA OS EUA

O melhor amigo do homem vem ganhando cada vez mais espaço em sua vida. Aquele que era melhor amigo, hoje é membro importante da família.

Uma pesquisa realizada pelo IBGE em 2015 constatou que quase metade dos lares brasileiros contêm um cachorro e que o número de pets nestes lares era maior que o de crianças. Estes números crescem exponencialmente e quem vivencia esse amor compreende perfeitamente o porquê.

O mercado do turismo também tem se adaptado aos novos moldes da família, proporcionando a estas, experiências pet friendly, e em muitos hotéis, pousadas e restaurantes os pets já são muito bem-vindos.

Grande parte das empresas de transporte aéreo também oferece estes serviços. O mais legal é que, em viagens para os Estados Unidos, estas companhias não oferecem quase nenhum impedimento para que seu animal doméstico viaje na cabine junto a você.

Que tal viajar com seu dog para os Estados Unidos? Sabia que também é possível se mudar para os EUA e levá-lo com você? Para garantir que essa viagem seja tranquila, nós do Law Offices of Witer DeSiqueira, separamos algumas dicas.

É primordial verificar a política adotada pela companhia aérea escolhida, checar quais vacinas estão sendo exigidas na época do embarque e obter o CVI (Certificado Veterinário Internacional) no site do Ministério da Agricultura.

Se tratando de Estados Unidos, além do CVI e carteira de vacinação, são exigidos alguns outros documentos, como:

- Atestado de Saúde (deve ser emitido por um veterinário com no máximo 10 dias de antecedência);

- Evidência que o cão tem mais de 4 meses de vida;

- Vacina de Raiva (comprovada na Carteira de Vacinação, no mínimo 30 dias antes do embarque);

Gostou da ideia? Precisa de ajuda para tornar esta viagem possível? Sonha em morar nos EUA e não abre mão de levar seu cachorro? Procure um advogado de imigração para te assessorar.

 

Ana Beatriz Ruiz, Advogada.

Law Office of Witer DeSiqueira

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.