CONSULADO MOSTRA COMO BRASILEIROS DEVEM SE IDENTIFICAR QUANDO QUESTIONADOS PELO CENSO 2020

Identificar corretamente sua origem brasileira é importante para criação de postos de trabalho, escolas bilíngues em português, atendimento em língua portuguesa nos órgãos públicos, entre outros


Publicado em 16 Fevereiro 2020

Compartilhe:      

CONSULADO MOSTRA COMO BRASILEIROS DEVEM SE IDENTIFICAR QUANDO QUESTIONADOS PELO CENSO 2020

A diferença entre raça e etnia é que “etnia” determina as características de um grupo por seus aspectos socioculturais. Já a “raça” seria definida por critérios físicos ou biológicos para diferenciar os indivíduos.

Identificar corretamente sua origem brasileira é importante para criação de postos de trabalho, escolas bilíngues em português, atendimento em língua portuguesa nos órgãos públicos, entre outros. Por essa razão, o Consulado Geral do Brasil em Miami orienta as pessoas como responder essa questão no Censo 2020. Todas as pessoas, com ou sem documentação legal para viver nos EUA, devem responder ao questionário.

A partir de 1° de abril, o U.S. Census Bureau, a maior agência estatística do País, começa a contagem que vai revelar os números correntes sobre a população e a economia americanas. Agentes vão sair em campo em todo País para coletar os dados que vão produzir uma imagem o mais fiel possível dos Estados Unidos, que será usada em pesquisas e planejamentos diversos para o futuro. Realizado a cada década, o Censo é uma determinação da Constituição dos Estados Unidos.

O Censo revela ainda informações importantes para a organização política do País. Sua contagem populacional é que determina o número de representantes (deputados) a que cada estado tem direito no Congresso, e ainda estabelece diretrizes para redesenhar os limites geográficos dos diversos distritos eleitorais.

Graças aos números do Censo é possível planejar o crescimento urbano das cidades, sua rede de transporte público, ruas e estradas, suas escolas e serviços de emergência. Também as empresas se beneficiam da contagem, ao identificarem com precisão as áreas onde podem melhor se estabelecer, de acordo com os hábitos e poder aquisitivo dos moradores. Todos os anos, o governo federal distribui mais de $675 bilhões para estados e municipalidades baseado nas informações do Censo.

Por isso é tão importante participar do Censo. Em 2020, o U.S. Census Bureau buscou facilitar ao máximo a participação. As respostas à pesquisa poderão ser dadas pessoalmente, online, por telefone e correio, e não importa o status imigratório do entrevistado. Todos devem responder ao Censo. Uma lei federal garante o sigilo de todas as informações pessoais dos entrevistados pelo Censo, inclusive sobre sua situação imigratória.  

 

Law Offices of Witer DeSiqueira

Fonte: acheiusa.com

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.