PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE IMIGRAÇÃO E VISTOS PARA OS EUA


Publicado em 09 Setembro 2018

Compartilhe:      

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE IMIGRAÇÃO E VISTOS PARA OS EUA

P - Um estrangeiro com um visto L1 e L2 pode abrir um pequeno negócio?

R - Se os vistos L1 e L2 (esposa) que ele recebeu foi para trabalhar como executivo em uma companhia de terceiros (seu empregador), ele pode abrir um negócio, mas não pode receber nenhuma renda ativa dele. Nem pode trabalhar em tempo integral neste negócio, uma vez que seu visto está vinculado à companhia sponsor (empregador).

Mas é possível tirar vistos L1 e L2 para o seu próprio business. Desde que o aplicante a este tipo de visto já tenha uma companhia atuante no Brasil e preencha todos os requisitos exigidos pelo USCIS. Os vistos L1 e L2 são relativamente fáceis e rápidos, sem contar que ao final do período do visto pode-se aplicar para um visto EB-3 que é um GreenCard.

.

P – Como cidadão dos EUA, quanto tempo levará para meus pais virem para os EUA com “Green Cards”?

R - Presumindo que não haja problemas com o histórico de seus pais (nenhum crime, doença contagiosa ou envolvimento em questões relacionadas à segurança nacional), o processo, pelo menos nos últimos anos, normalmente leva entre 10 e 20 meses. No entanto, a atual turbulência sobre a imigração dentro da administração Trump criou uma situação caótica no USCIS e isso resultou em uma desaceleração dramática de praticamente todo o processamento de imigração; Assim, neste momento, é completamente impossível oferecer uma previsão realista de quanto tempo deve-se esperar para ter uma petição para a imigração de um parente imediato processado. Dadas às tendências recentes, dois a três anos é provavelmente uma estimativa razoável.

 

P - Por que é errado um cidadão americano patrocinar alguém com visto de turista?

R - Pode não ser "errado", mas certamente é inútil para um americano "patrocinar" alguém com visto de turista.

- Por quê?

- Porque nenhuma promessa feita para alimentar, abrigar, transportar e entreter um visitante estrangeiro e garantir que o visitante volte para casa é legalmente executável.

Você realmente acredita que o Departamento de Estado pode e irá perseguir e processar um cidadão cujo hóspede estrangeiro tenha se afastado ou se recusado a ir para casa? Claro, o próprio visitante poderia ser capturado e deportado, mas tentar fazer com que o cidadão patrocinador fosse legalmente responsável por isso seria uma séria batalha difícil - e dispendiosa.

É muito melhor simplesmente ignorar qualquer "patrocínio" e esperar que o solicitante de visto apoie seu próprio pedido. Isso é o que a lei exige de qualquer maneira. Ou seja, o solicitante deve demonstrar, no ato de sua entrevista de visto, que tem fortes motivos para voltar ao seu país de origem depois de sua viagem de turismo, são os chamado vínculos fortes!

 

Law Offices of Witer DeSiqueira

Fonte: www.witeradvogados.com/chat

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.