QUAL É A MANEIRA MAIS FÁCIL DE OBTER UM VISTO PARA OS EUA?


Publicado em 04 Novembro 2018

Compartilhe:      

QUAL É A MANEIRA MAIS FÁCIL DE OBTER UM VISTO PARA OS EUA?

Não há uma solução rápida e fácil quando se trata de obter um visto. No entanto, dependendo das suas qualificações e outros detalhes sobre a sua situação, há uma variedade de vistos para escolher.

 

Aqui está um esboço básico para cada tipo de visto:

 

  1. H-1B - ideal para trabalhar temporariamente ou para uma ocupação especializada
  2. H-2B - destinado a emprego temporário e sazonal
  3. E-2 - uma solução para pessoas que planejam investir em uma empresa nos EUA, desde que tenha dupla nacionalidade, sendo a segunda cidadania de algum país que tenha o acordo com os EUA.
  4. L-1 - uma opção se você executivo de alguma empresa multinacional ou for proprietário de uma empresa aqui no Brasil e estiver interessado em abrir filial nos EUA.
  5. J-1 - se você estiver interessado em ser um estudante de intercâmbio.
  6. F-1 – para estudantes em geral.
  7. EB-5 - outra solução para os interessados ??em ser um investidor estrangeiro, este visto é um Green Card direto e exige investimento em projetos aprovados pelo Governo Americano.
  8. O - ideal para pessoas com “habilidades excepcionais”, tais como cientistas, pesquisadores, etc.

 

Cada tipo de visto tem requisitos muito específicos. Como o processo pode ser entediante e desanimador, é melhor confiar na experiência de um advogado de imigração. Um advogado pode ajudá-lo a identificar o caminho apropriado com base em suas habilidades e qualificações. Se você realmente quiser economizar tempo, certifique-se de que a aplicação seja feita corretamente na primeira vez - um advogado pode ajudar a simplificar esse processo.

 

 

Mara Pessoni

Law Office of Witer DeSiqueira

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.