COMO OBTER UM VISTO DE ESTUDANTE PARA OS EUA?

Estudar nos Estados Unidos é o sonho de muitas pessoas, porém muitas pessoas desistem desse sonho por não compreender todos os passos e detalhes que envolvem a obtenção de um visto de estudante (F-1).


Publicado em 12 Dezembro 2017
Rota Jurídica

Compartilhe:      

COMO OBTER UM VISTO DE ESTUDANTE PARA OS EUA?

Estudar nos Estados Unidos é o sonho de muitas pessoas, porém muitas pessoas desistem desse sonho por não compreender todos os passos e detalhes que envolvem a obtenção de um visto de estudante (F-1). Primeiramente, deve-se compreender que o requisito primordial é a capacidade de comprovar meios suficientes de se sustentar ao longo de toda a sua estadia como estudante, por meios que não sejam o trabalho em solo americano, pois existem restrições para trabalho para os titulares de vistos F-1. Existem algumas exceções (como certos trabalhos no campus e trabalho muito limitado fora do campus) para o trabalho, porém além de difícil obtenção, é necessário apresentar requisitos muito específicos.

Dito isto, vamos ao passo a passo. Você deve primeiro ser aceito em uma escola aprovada pela SEVP. SEVP significa Programa de Visitantes de Estudantes e Intercâmbios. Assim, à medida que você está considerando escolas, verifique se é uma instituição aprovada pela SEVP, pois é condição obrigatória para se obter um I-20 e aplicar para um visto F-1.

Após a escola aceitar sua aplicação para a “pré-matrícula”, você deve pagar a taxa de serviço SEVIS I-901. Para os requerentes de visto F, a taxa equivale a U$ 200, conforme determina o órgão oficial do governo, USCIS. Esta taxa é separada das taxas de visto e quaisquer taxas de administração SEVIS. Depois disso, você receberá o formulário I-20 da sua escola. Você precisará apresentar este formulário durante sua entrevista de visto F-1. Se você pretende levar também cônjuge ou filhos, eles também precisam da I-20, porém não precisam ser listados no SEVIS.

Nesta etapa, você completará seu pedido de visto através do formulário DS-160 devidamente preenchido. Você pagará uma taxa de inscrição não reembolsável e agendará sua entrevista consular. Certifique-se de levar documentos como: confirmação do DS-160, passaporte, comprovantes de capacidade financeira de custeio dos estudos, transcrições acadêmicas, diplomas e comprovantes de vínculos com o Brasil. Ao final da entrevista, você será informado quando você receberá seu visto e seu passaporte de volta.

Lembre-se, planejar com antecedência é muito importante, pois um visto F-1 pode ser emitido até 120 dias antes do dia em que começar a escola, e o indivíduo pode entrar nos EUA com um F-1 até 30 dias antes do primeiro dia da escola.

Obter um visto F-1 exige-se vários procedimentos e documentos, por isso é indicado que se procure o auxílio de um advogado de imigração experiente para que os estudos dos sonhos sejam concretizados com segurança.

 

Law Offices of Witer DeSiqueira

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.


Fonte: Rota Jurídica