A IMIGRAÇÃO PARA OS EUA NÃO ESTÁ FECHADA!


Publicado em 09 Agosto 2020

Compartilhe:      

A IMIGRAÇÃO PARA OS EUA NÃO ESTÁ FECHADA!

Com tantas notícias sobre imigração em tempos de pandemia e de surtos de Donald Trump, as pessoas acabaram se confundindo com tantas mudanças:

- Está proibido fazer processos de imigração para os EUA?

- A fronteira está fechada, ninguém pode entrar?

- Os processos em andamento foram paralisados?

- Os estudantes devem deixar os EUA?

- Acabaram os vistos de trabalho?

- E os Green Cards por familiar, estão suspensos?

Enfim, são inúmeros os questionamentos que envolvem vistos e imigração para a terra do Tio Sam.

O propósito deste artigo é esclarecer todos estes pontos.

Portanto, vamos por partes:

Não está proibido fazer processos de imigração. Os processos estão sendo protocolados normalmente no USCIS.

Em Maio o Presidente Trump suspendeu alguns tipos de vistos até o final do ano, tais como: Visto H1B, H2B, H4, L-1. São vistos de trabalho de não-imigrante.

Os demais vistos de trabalho de imigração, os chamados Employment Baseds  (EB`s) continuam sendo processados normalmente e até com uma certa agilidade pelo USCIS. Temos tido casos em nossos escritórios de aprovações de processos de EB-2 NIW sem RFE (Request For Evidences).

Tivemos casos em que os agentes do USCIS ligaram em nosso escritório para tirar dúvidas nos processos que estavam analisando, sem precisar enviar RFE, sob o argumento de que o processo estava muito bem confeccionado e não justificaria atrasá-lo por conta de pequenos detalhes, essas dúvidas foram sanadas por telefone e os processos seguiram seus cursos, isso é um fato inédito, agentes do USCIS não costumam ligar para advogados.

Quanto aos processos que já estavam em andamento durante a pandemia, estes tiveram um pequeno delay durante o período em que o USCIS restringiu suas atividades, sendo retomados com força total após 04 de junho.

Em relação ao fechamento da fronteira, sim, ela continua fechada, porém há regras que se seguidas, permitem que pessoas dos países listados nesta proibição possam entrar nos EUA normalmente. Uma dessas regras é a questão de estar fora destes países, por no mínimo, 15 dias antes de entrar nos EUA. Ou seja, se você pretende ir para os EUA, faça uma parada nas Bahamas, Panamá, Porto Rico, ou vá até o Canadá e aguarde 15 dias, após esse tempo, e comprovando este período longe do Brasil, você poderá entrar nos EUA.

Quanto aos estudantes portadores de vistos F e M, a ordem normativa foi revogada depois de grande pressão das universidades e até dos próprios estados americanos, que entraram na justiça contra esta ordem e em audiência de acordo na justiça, os próprios representantes do governo disseram estar revogando a referida ordem. Assim, mesmo aqueles estudantes que, por conta da pandemia, terão aula somente on line, podem permanecer nos EUA. Porém, aqueles que saíram dos EUA e ainda mantém seu visto de estudante e pretendem retornar, poderão encontrar dificuldades para reentrar nos EUA, pois além de terem de cumprir a quarentena de 15 dias, ainda estarão sob a discricionariedade do agente de imigração que poderá recusar sua entrada.

Sobre os Green Cards por família (Family Reunited), estes não sofreram nenhuma alteração, apesar de ter sido um dos maiores alvos de campanha de Donald Trump, quando insistentemente, dizia que iria acabar com a “imigração em cadeia”. Assim, aqueles que pretendem ingressar com um processo de Green Card por casamento, ou por outro parentesco, pode e deve fazê-lo o mais rápido possível, pois as taxas vão aumentar em outubro.

Portanto, se você tem o sonho de imigrar, busque saber qual o tipo de visto correto, através de uma consulta com um advogado de imigração. Somente um profissional com expertise será capaz de analisar seu perfil e lhe orientar corretamente sobre suas possibilidades, riscos, prazos de processo e demais demandas que podem ocorrer durante esta viagem chamada “American Dream”. Ressaltamos a importância de buscar se informar sobre o histórico do profissional que você está confiando sua mudança de vida, existem muitos aventureiros por aí se passando por expert no assunto. Mas, existem muitos escritórios sérios, com profissionais respeitados nos meios de imigração .

 

Mara Pessoni

Law Offices of Witer DeSiqueira

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.