AGENTES DE IMIGRAÇÃO TEM A ORDEM DE FOCAR EM QUEM FALA ESPANHOL

Memorandos do DHS especificam como os hispânicos devem ser tratados.


Publicado em 10 Março 2019

Compartilhe:      

AGENTES DE IMIGRAÇÃO TEM A ORDEM DE FOCAR EM QUEM FALA ESPANHOL

Os agentes de fronteira têm a ordem direta de se concentrar em pessoas de língua espanhola na América Latina, como parte do programa migratório do governo do presidente Donald Trump.

 

A iniciativa foi lançada no final de janeiro, informou a Associated Press, que revisou os memorandos da ordem contra imigrantes da América Central, principalmente, que os pedem asilo.

 

Inicialmente, o programa era aplicado apenas àqueles que se entregavam nas passagens oficiais da fronteira, mas um memorando de um chefe de divisão no setor de San Diego da Patrulha da Fronteira diz que ele se expandiu para incluir pessoas que atravessam a fronteira como indocumentadas.

 

O guia inclui instruções sobre vários grupos de imigrantes que não devem ser enviados de volta ao México e, em vez disso, devem passar pelo processo tradicional de asilo no sistema de tribunais de imigração dos EUA, como mulheres grávidas, membros da comunidade LGBT e pessoas que sofrem problemas médicos.

 

As autoridades disseram anteriormente que os requerentes de asilo mexicanos são excluídos, assim como crianças viajando sozinhas.

 

As autoridades devem verificar se o requerente de asilo tem uma condenação por crime e notificar o México pelo menos 12 horas antes de ser devolvido.

 

As instruções dizem que as autoridades mexicanas insistem que não mais do que 20 requerentes de asilo sejam devolvidos todos os dias de San Diego a Tijuana, México, de segunda a sábado, o que ressalta os desafios enfrentados pelos EUA ao tentar acelerar uma de suas principais prioridades de controle da fronteira.

 

Law Office of Witer DeSiqueira

Fonte: www.laopinion.com

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.