ESTADO VAI COMPARTILHAR INFORMAÇÕES DO DMV

A agência coletará informações sobre "status de cidadania" por ordem de Trump.


Publicado em 24 Novembro 2019

Compartilhe:      

ESTADO VAI COMPARTILHAR INFORMAÇÕES DO DMV

Depois de desistir de sua tentativa de incluir uma pergunta sobre cidadania no Censo de 2020, o governo Trump procurou outras maneiras de conseguir essas informações. Um deles é a coleta de dados através do Departamento de Veículos Motorizados (DMV). O estado de Nebraska já anunciou que começará a compartilhar as informações de sua carteira de motorista com o escritório do Censo. Assim, ele se tornará o primeiro estado a emitir esses dados.

 

Um documento divulgado na quarta-feira pelo DMV revelou que esta agência governamental e o Census Bureau assinaram um acordo pelo qual o estado de Nebraska permite o acesso às informações contidas nas carteiras de motorista, cartões de identificação e carteiras de motorista para menores de idade do estado.

 

O Census Bureau está comprometido em usar os dados básicos das licenças "apenas para estatísticas" e que "o acesso a essas informações será limitado ao menor número possível de pessoas" para garantir a confidencialidade.

 

O acordo estipula que a transferência de dados começará no próximo mês e será concluída no final de 2021.

 

O porta-voz do censo, Michael Cook, disse em entrevista à Rádio Pública (NPR) que eles estão agindo dentro da estrutura da ordem executiva emitida pelo presidente Donald Trump em 11 de julho sobre “coleta de informações sobre status de cidadania em conexão com o censo de 10 anos".

 

Essa ordem executiva foi emitida após o bloqueio jurídico da inclusão da pergunta sobre cidadania no próprio censo.

 

Em declarações preparadas, Adam Eakin, um dos diretores da DMV de Nebraska, explicou que o Census Bureau se qualifica para “uma exceção” às leis estaduais de privacidade, sublinhando que as informações compartilhadas com a agência federal não incluirão “nenhuma informação adicional sobre o status de não cidadãos que o governo federal não possui”.

 

Nebraska compartilhará com o Census Bureau os nomes, endereços, datas de nascimento, sexo, raça e cor dos olhos de todos aqueles que obtiveram um documento de identidade nesse estado, mas excluirá outros dados, como cor do cabelo, peso e altura

 

Segundo o Censo, quase 7% dos 1,9 milhão de habitantes de Nebraska são estrangeiros, ou cerca de 170.000 pessoas, incluindo 40.000 a 60.000 imigrantes sem documentos.

 

Law Office of Witer DeSiqueira

Fonte: www.laopinion.com

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.