ICE COMEÇA DOMINGO NOVAS E GRANDES INVESTIDAS CONTRA IMIGRANTES ILEGAIS

As operações começariam no domingo em 10 metrópoles, como Los Angeles e Nova York.


Publicado em 14 Julho 2019

Compartilhe:      

ICE COMEÇA DOMINGO NOVAS E GRANDES INVESTIDAS CONTRA IMIGRANTES ILEGAIS

Altos funcionários do Departamento de Segurança Interna (DHS) confirmaram que, a partir de domingo, agentes da Imigração e Alfândega (ICE) realizarão operações em 10 grandes cidades.

 

O anúncio foi revelado ao The New York Times, embora a Univision também tenha informado sobre as mobilizações com fontes que falaram sob condição de anonimato.

 

Ativistas e defensores sugerem que todos os imigrantes indocumentados se mantenham alertas aos agentes, sobre os quais é conhecido:

 

1. Começo - O presidente Donald Trump afirmou que depois de 4 de julho, as operações seriam iniciadas, as quais estão confirmadas para começar em 14 de julho. Deve ser lembrado que o ICE não especifica suas operações em um dia, mas se mobiliza em dias diferentes.

 

2. Objetivos - "La Migra" seria dirigida a estrangeiros com ordens finais de deportação que não compareceram à sua audiência, então um juiz proferiu sua ordem de expulsão "in absentia". Advogados e ativistas apontam que essas pessoas, mesmo se detidas, ainda podem se defender, mas devem consultar seu caso com um advogado. O ICE se concentra em certas pessoas, mas pode abordar "qualquer suspeito" que esteja no país como indocumentado, como relatou em outras ocasiões.

 

3. Cidades - As operações foram originalmente planejadas em Atlanta, Baltimore, Chicago, Denver, Houston, Los Angeles, Miami, New Orleans, Nova York e San Francisco, metrópoles, onde o maior número de imigrantes ilegais e trabalhadores indocumentados estão concentrados. Vários estudos indicam que pessoas sem permissão para permanecer no país decidem viver entre comunidades de imigrantes legais como fator de segurança e pertencimento.

 

4. A abrangência - O ramo de Operações de Execução e Remoção (ERO) do ICE tem uma lista de alvos iniciais 2.500 adultos e crianças, mas o plano inclui a captura de até 10.000 imigrantes, informou o jornal The Washington Post. A grande maioria das famílias, segundo relatos, cruzou a fronteira nos últimos 18 meses em busca de asilo e permanece no país, esperando por uma data de audiência ou desafiando ordens de deportação.

 

5. Elaborar um plano - advogados sugerem que os imigrantes que enfrentam deportação montem um plano de ação que inclui, pelo menos: assistência jurídica, fiança, e alguém com quem deixar seus filhos, para se caso forem detidos. Também é sugerido que os indocumentados NÃO RESISTAM à prisão, solicitem sua ligação telefônica e NÃO ASSINEM nenhum documento.

 

Law Office of Witer DeSiqueira

Fonte: www.laopinion.com

                    

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.