REDE DE HOTÉIS "MOTEL 6" É CONDENADA POR COMPARTILHAR DADOS DE MILHARES DE IMIGRANTES COM O ICE

O Motel 6 enviou voluntariamente listas de hospedes para o ICE, informações que foram usadas para capturá-los.


Publicado em 14 Abril 2019

Compartilhe:      

REDE DE HOTÉIS

A justiça foi feita com a cadeia de hotéis Motel 6 depois que suas ações levaram à captura indiscriminada de imigrantes pelo ICE, depois que os relataram à agência do governo.

Por essa razão, a cadeia hoteleira Motel 6 deve pagar US $ 12 milhões para resolver uma ação judicial proposta pelo Estado de Washington por fornecer voluntariamente dados de clientes para o ICE.

"As ações do Motel 6 destruíram e violaram os direitos de milhares de moradores de Washington", disse Bob Ferguson, procurador-geral do Estado de Washington, que acredita que com essa medida eles são "responsáveis ??por entregar informações sem um mandado. "

Este acordo ocorre cinco meses depois que o Motel 6, controlado pela empresa de capital privado Blackstone Group LP, concordou em pagar 7,6 milhões por uma ação coletiva no Arizona que afetou mais de 10 mil pessoas pela mesma razão.

A ação no estado de Washington foi apresentada em janeiro de 2018 por violar a lei de proteção ao consumidor e a lei estadual contra a discriminação.

De 2015 a 2017, sete cadeias de hotéis no estado de Washington compartilharam as informações pessoais de cerca de 80.000 hospedes com o ICE sem o seu consentimento, violando assim seus direitos de privacidade.

Graças às listagens, o ICE investigou muitos dos hospedes com sobrenomes latinos, o que resultou em prisões e separação de famílias. As ações do Motel 6 levaram ao menos a prisão de nove moradores no estado de Washington.

"Como o Motel 6, qualquer outra empresa que tentar violar os direitos de privacidade dos residentes de Washington pode esperar notícias do meu escritório", disse Ferguson.

Motel 6 também devera também garantir que as suas políticas protejam a privacidade dos seus clientes em todo o país e treinar seus funcionários a não divulgar informações e abrir uma seção em seu site para que os clientes relatem violações de sua privacidade, os quais ficarão sobre a supervisão de Ferguson durante os próximos três anos.

 

Law Office of Witer DeSiqueira

Fonte: www.laopinion.com

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.