COMO O CGFNS SE ENCAIXA NA IMIGRAÇÃO DE ENFERMEIRAS DOS EUA


Publicado em 11 Dezembro 2022

Compartilhe:      

COMO O CGFNS SE ENCAIXA NA IMIGRAÇÃO DE ENFERMEIRAS DOS EUA

Baixar Podcast

Frequentemente recebemos perguntas sobre o papel do CGFNS na imigração de enfermeiros. A CGFNS tem várias linhas de produtos diferentes que se sobrepõem e aumentam a confusão.

 

Aqui estão três dos usos mais comuns do CGFNS no sistema de processamento de vistos dos EUA. É melhor pensar nessas três linhas de produtos como independentes:

Avaliação de credenciais CGFNS (CES) – Muitos órgãos de licenciamento estaduais dos EUA pedem à CGFNS que revise e avalie as credenciais de enfermeiras estrangeiras antes de qualificá-las para o exame NCLEX. CES é o processo pelo qual os candidatos podem ter sua educação em enfermagem avaliada pelo CGFNS para liberação para fazer o exame de enfermagem do estado (NCLEX).

 

Exame CGFNS Predictor (Qualificação)– Este é um exame mais antigo e herdado que agora raramente é usado para avaliar a competência de uma enfermeira estrangeira em enfermagem. Foi mais difundido antes da expansão dos centros de testes NCLEX internacionais.

CGFNS Visa Screen – Este é o Certificado de Trabalhador da Saúde (HWC) que é necessário para os RNs (Register Nurses) no final de seu processo de imigração, em sua entrevista consular. O HWC da CGFNS é conhecido como Visa Screen. Todos os enfermeiros e profissionais de saúde aliados devem ter:

 

  • Passou no exame de licenciamento dos EUA;
  • Formado em uma universidade equivalente a uma escola americana na mesma profissão;
  • Aprovado em exame de fluência em inglês; e
  • Tenha uma licença profissional impecável no exterior.

 

Estes são alguns dos critérios exigidos para o exame do CGFNS. Para a imigração de um profissional de enfermagem, são exigidos outros quesitos a depender do tipo de visto que será aplicado.

 

Witer, Pessoni & Moore an International Law Corporation

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração