NOSSA CAIXA DE PERGUNTAS NO INSTAGRAM


Publicado em 18 Outubro 2020

Compartilhe:      

NOSSA CAIXA DE PERGUNTAS NO INSTAGRAM


Baixar Podcast

Todas as quartas-feiras à noite, postamos nos histories em nosso Instagram @lawofficesofwiter uma caixa de perguntas, para que nossos seguidores possam tirar dúvidas rápidas sobre imigração e vistos para os EUA. Como a postagem fica online por apenas 24 horas, decidimos trazer até você as principais dúvidas postadas em nossa caixinha nos últimos dias. Quem sabe uma dessas dúvidas não é sua também?

 

Se você não encontrou aqui as repostas para seus questionamentos, não perca tempo, corra até nosso site www.witeradvogados.com e se inscreva em nossa newsletter, e lá mesmo em nosso site você poderá nos enviar uma mensagem para o nosso WhatsApp, ou em qualquer de nossas redes sociais, tais como Facebook (Law Offices of Witer DeSiqueira), YouTube (Witer Advogados) e no próprio Instagram (@lawofficesofwiter). Basta nos seguir em nossas mídias que teremos o maior prazer em lhe responder.

 

Ah! E não se esqueça, todas as quartas-feiras tem CAIXA DE PERGUNTAS no Instagram!

 

P – Eu preciso de um advogado de imigração para fazer meu processo?

R – Não é necessário. Mas um advogado conhece as leis e regulamentos da imigração. Ele fará com que seu processo seja enviado ao USCIS mais completo e diminuirá o risco de uma negativa.

 

P – O que pode ser feito quando o visto de trabalho é reprovado?

R – Depende das razões da reprovação. Em alguns casos é possível apelar, outros fazer um Waiver e, em outros casos é melhor reaplicar novamente. Cada caso deve ser analisado criteriosamente por um advogado de imigração.

 

P – Deixar dívidas em bancos ou cartões de crédito podem me prejudicar de forma imigratória?

R – Pode, se sua dívida foi para a justiça. Assim haverá um record negativo em seu histórico. Caso isso não tenha ocorrido, não interferirá no seu processo.

 

P – Posso mudar de F-1 para EB-2?

R – Sim, é possível fazer o ajuste de status de visto de não-imigrante F-1, para visto de imigrante EB-2, desde que cumpridos os requisitos.

 

P – Casar com cidadão americano ou com residente, qual processo é mais rápido?

R – Com cidadão americano é mais rápido e seguro. Casar com um residente americano, além de demorar um pouco mais, você precisará de um sponsor cidadão para o processo.

 

P – Tive um visto negado um ano atrás, posso pedir de novo?

R – Pode. Mas deve corrigir as razões da negativa anterior para não correr risco de nova negativa.

 

P – Qual é o melhor processo para um executivo, L-1 ou EB-1C?

R – Depende das intenções, se é para um curto período, inferior a 3 anos, o L-1 é o visto indicado. Se for por prazo indeterminado, o aconselhável é o EB-1C, lembrando que você pode entrar com o L-1 e depois de 3 anos fazer o ajuste de status para o EB-1C.

 

P – Tive um banimento de 5 anos, cabe Waiver?

R – Tem que ser analisada a causa do banimento (os códigos do INA em que enquadraram para banimento), na maioria dos casos, cabe sim.

 

P – Fiquei preso por violência doméstica, mas fui absolvido, porém fui deportado, tem como reverter?

R – Se a deportação foi em razão da prisão e você foi absolvido, com certeza, tem como reverter. Se a deportação foi por outras razões, tem que ser analisado.

 

P – Tenho Green Card e estou no Brasil desde março e me casei aqui, posso dar o Green Card para meu esposo? Vou ter problemas para retornar aos EUA, por estar fora por mais de 6 meses? Meu esposo pode ir comigo e lá darmos entrada no processo?

R – Primeiro, você pode dar Green Card para seu esposo, é um processo um pouco mais demorado, mas é possível, e vocês precisarão de um sponsor cidadão americano. Segunda pergunta, se você retornar antes de completar um ano de sua saída, provavelmente, será questionada por estar fora por tanto tempo e poderá argumentar que, por conta da pandemia, optou por ficar junto de seus familiares no Brasil, com certeza, seu argumento será acatado. Terceira pergunta, se seu esposo tem visto de turista, aconselho ele a entrar nos EUA sem se vincular a você. Pois o agente poderá impedir a entrada de seu esposo sob a alegação de que ele deve aguardar a aprovação do Green Card no Brasil.

 

P – Brasileiros com nacionalidade britânica tem direito a morar nos EUA?

R – Sim, com a cidadania britânica é possível morar nos EUA sob o Visto E-2, de pequeno investidor. Porém este visto não é um Green Card e não leva à cidadania. Deve ser renovado a cada 5 anos. Cônjuge e filhos menores entram no processo. Mas os filhos, ao completarem 21 anos, não podem mais ficar sob este visto.

 

Law Offices of Witer DeSiqueira

Fonte: @lawofficesofwiter – Instagram

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.