OPÇÕES DE VISTOS PARA PROFISSIONAIS DA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS E DE MEDICAMENTOS

Categorias de vistos de não-imigrante (temporários) baseados em emprego


Publicado em 18 Setembro 2022

Compartilhe:      

OPÇÕES DE VISTOS PARA PROFISSIONAIS DA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS E DE MEDICAMENTOS

Baixar Podcast

Visto H-1B - Ocupação Especializada

A classificação do visto H-1B é designada para o que é considerado ocupações especializadas. Essas ocupações devem, portanto, exigir o seguinte:

* Aplicação teórica e prática de uma gama de conhecimentos altamente especializados

* Um requisito mínimo de um diploma de bacharel ou superior na respectiva especialidade (ou seu equivalente em termos de experiência de trabalho)

Essa classificação de visto também é a mais comum entre as empresas que contratam talentos estrangeiros.

Os empregadores dessa categoria também devem mostrar que estão oferecendo o salário predominante para essa ocupação específica em seu mercado localizado.

Exemplos de cargos que se qualificam para a classificação do visto H-1B estão listados abaixo.

* Engenheiros em uma variedade de campos

* Profissionais da cadeia de suprimentos

* Cientistas e pesquisadores de alimentos e drogas

* Veterinários

Existe um limite anual para profissionais que entram no país com vistos H-1B. O limite é de 65.000 vistos para indivíduos com bacharelado ou equivalente e mais 20.000 vistos para talentos com mestrado ou superior de uma universidade nos Estados Unidos. Assim, o limite total é de 85.000.

Profissionais que trabalham com visto H-1B podem trocar de empregador enquanto ainda estiverem nos EUA. Para isso, o novo empregador deve apresentar a petição H-1B em nome do empregado. Além disso, o empregador também deve atualizar a petição com qualquer mudança de ocupação, demonstrando que está oferecendo os salários vigentes para aquela ocupação. O empregador deve fazer esta alteração antes que o empregado mude de profissão.

H-1B1 – Categoria para Profissionais do Chile e Singapura

Cidadãos de Singapura e Chile que se qualificam para um visto H-1B podem buscar o status H-1B1. Assim, esta categoria de visto é uma categoria de ocupação especializada para candidatos do Chile e Singapura.

E-3 – Categoria para Profissionais da Austrália

Cidadãos australianos que se qualificam para um visto H-1B podem buscar o status E-3. Assim, esta categoria de visto é uma categoria de ocupação especializada para candidatos da Austrália.

TN – Categoria para Profissionais do México e Canadá

O TN é uma categoria de visto especificamente para cidadãos do México e Canadá que atualmente trabalham em categorias profissionais específicas que permitem autorização de trabalho nos Estados Unidos.

Os exemplos mais comuns de ocupações da categoria TN no caso da indústria de alimentos e medicamentos incluem o seguinte. Observe que esta não é uma lista exaustiva.

* Biólogo

* Cientista de laticínios

* Veterinário

* Criador de animais

* Cientista avícola

* Horticultor

* Criador de plantas

* Cientista do solo

* Técnico/tecnólogo científico

* Engenheiro

Além de ser cidadão do México ou Canadá, os candidatos também devem ter as seguintes qualificações para se qualificar para um visto de trabalho TN.

* Ser oferecido um emprego de um empregador dos EUA

* Possuir um diploma de bacharel ou licenciatura (bacharelado) na área relevante para a ocupação. Uma licença estadual/provincial, que é um documento emitido por um governo estadual, provincial ou federal que permite que um profissional exerça uma profissão ou atividade regulamentada, também é aceitável. No entanto, uma licença por um governo local não é aceita.

Visto L-1 - Transferência Intra companhia

Esta categoria é para indivíduos em uma capacidade gerencial/executiva ou de conhecimento especializado que tenham trabalhado no exterior por 12 meses ou mais nos últimos três anos para vir aos Estados Unidos para trabalhar para uma afiliada, controladora, subsidiária ou filial na mesma capacidade mencionada acima

F-1 – Estudantes Internacionais

Indivíduos com vistos de estudante F-1 podem trabalhar em capacidades limitadas. Assim, eles podem trabalhar no Treinamento Prático Opcional (OPT) por um ano após a graduação na universidade. O trabalho deve estar intimamente relacionado ao seu campo de estudo para se qualificar para o OPT. No entanto, os estudantes de campo STEM podem estender esse período por 24 meses.

Visto B-1 - Visitantes de negócios

O visto B-1 é para profissionais estrangeiros visitarem os EUA apenas para negócios temporários dentro de um período de tempo específico e limitado. O prazo máximo é de um ano, podendo ser prorrogado dependendo das necessidades do negócio estrangeiro.

Processo de Aquisição de Residência Permanente (Green Card)

Todas as categorias de visto acima permitem que os empregadores contratem profissionais estrangeiros por períodos limitados. No entanto, os empregadores que desejam reter funcionários estrangeiros por períodos mais longos do que os disponíveis com as categorias de visto de não-imigrante acima podem patrocinar indivíduos para residência permanente (LPR ou green card). Com um status LPR, os funcionários estrangeiros podem permanecer e trabalhar nos EUA permanentemente.

Adquirir LPR leva anos, e é mais longo para cidadãos chineses e indianos. Além desse prazo, os empregadores também devem observar que algumas categorias de visto (como TN e H-1B1) não são facilmente transferidas para casos de LPR. Assim, é melhor mudar a categoria de visto para uma plataforma melhor para esse fim. A categoria de visto H-1B é a melhor opção.

Normalmente, o processo LPR tem 3 etapas, listadas abaixo.

1. Certificação de trabalho PERM com o Departamento de Trabalho dos EUA (DOL)

2. Petição para visto de imigrante I-140 junto aos Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS)

3. Solicitação de ajuste de status I-485 junto ao USCIS ou Processo Consular junto ao Bureau of Consular Affairs em um Escritório Consular dos EUA no Exterior.

Contratação, Autorização de Trabalho e Conformidade I-9

De acordo com a seção de Direitos do Imigrante e do Empregado (IER) do Departamento de Justiça (DOJ), os empregadores estão autorizados a fazer aos candidatos apenas as duas perguntas listadas abaixo durante uma entrevista ou mesmo durante a solicitação de emprego.

* Você tem permissão legal para trabalhar nos Estados Unidos?

* Você exigirá patrocínio para status de visto de trabalho agora ou no futuro (por exemplo, status de visto H-1B)?

Depois de contratar um empregado estrangeiro, o empregador dos EUA deve preencher e reter um Formulário I-9 para confirmar a identidade e autorização de trabalho de cada empregado que foi contratado após 6 de novembro de 1986. Isso foi feito parte da lei sob a Reforma da Imigração e Lei de Controle de 1986.

 

Existem 3 obrigações que os empregadores dos EUA têm ao preencher o Formulário I-9 para todos os seus funcionários, independentemente de serem estrangeiros ou dos EUA:

* Confirmar que o I-9 foi preenchido de forma completa e precisa, com o funcionário completando a Seção 1 de forma adequada e oportuna.

* Certifique-se de que todos os documentos apresentados pelo funcionário estejam relacionados apenas a esse funcionário.

* Certifique-se de que todos os documentos pareçam razoavelmente genuínos.

Busque sempre a assessoria de um bom advogado de imigração para lhe orientar em seu processo de visto, assim você evitará possíveis contratempos e terá mais chances de aprovação.

Witer DeSiqueira & Pessoni an International Law Corporation

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração