POR QUÊ IMIGRAR PARA OS EUA?


Publicado em 11 Abril 2022

Compartilhe:      

POR QUÊ IMIGRAR PARA OS EUA?


Baixar Podcast

É o sonho de liberdade e infinitas possibilidades – os Estados Unidos são e continuam sendo o principal destino para muitas pessoas em todo o mundo. Dificilmente há outro país que tenha sido moldado por seus imigrantes tanto quanto a América, também conhecida como o "caldeirão de culturas". No entanto, no caminho para a nova vida, muitas coisas devem ser levadas em consideração. Para ajudá-lo com seu projeto "imigração para os EUA", reunimos alguns conselhos para você.

Razões para a imigração para os EUA

Todos os anos, milhares de pessoas solicitam um Green Card dos EUA em busca de seu “american dream”. Mas o que exatamente torna a imigração para os EUA tão atraente para eles? Aqui estão os motivos mais comuns:

  • O modo de vida americano: Os EUA ainda são o destino número um para pessoas que buscam realizar seus sonhos. Liberdade, democracia, levar uma vida autodeterminada, tornar-se o que você deseja ser – tudo isso é possível na América.
  • Mais oportunidades de trabalho: A maior e mais ativa economia do mundo oferece uma ampla gama de oportunidades de carreira. Por isso, ainda é o lugar certo para perseguir o sonho de crescimento profissional.
  • Melhor educação: Uma infinidade de instituições educacionais de maior prestígio no mundo é mantida nos EUA. É o sonho de muitos homens e mulheres ambiciosos se formar em uma das melhores universidades e faculdades dos Estados Unidos.
  • Melhores condições de vida: A Terra dos Livres abriga cultura, entretenimento, tecnologia, vida noturna e muito mais.
    Reencontro com familiares: Ao se apaixonar por um cidadão americano, os cônjuges têm direito à imigração para os EUA. Também é possível que filhos, pais ou irmãos do exterior obtenham o status de residente permanente nos Estados Unidos.
  • Escapando de um país problemático: Os Estados Unidos são um dos países de imigração preferidos para indivíduos que precisam fugir de nações devastadas pela guerra para escapar do perigo e das condições terríveis.

 

Formas de imigrar para os Estados Unidos

Então, como transformar o sonho da imigração para os EUA em realidade? Existem várias maneiras de atingir esse objetivo. Estes são os mais comuns:

Imigração baseada na família

Familiares de cidadãos americanos ou portadores de Green Card também são elegíveis para residência permanente nos Estados Unidos. A imigração de base familiar é dividida em duas categorias, que dependem do grau de parentesco.

O direito de morar permanentemente nos EUA é concedido aos seguintes grupos de pessoas: (futuros) cônjuges, filhos solteiros menores de 21 anos e pais de cidadãos americanos ou portadores de Green Card. Eles receberão sua autorização de residência permanente sem tempos de espera.

A segunda categoria inclui irmãos e filhos maiores de 21 anos de cidadãos americanos ou portadores de Green Card. Apenas um contingente limitado de Green Cards está disponível para eles, anualmente (cotas anuais). Além disso, eles geralmente precisam enfrentar tempos de espera mais longos.

Imigração baseada no emprego

Mesmo sem ganhar na loteria do Green Card ou parentes no local, a imigração para os EUA é possível. Estamos falando dos vistos de trabalho EB’s (EB-2, EB-2, EB-2 NIW, EB-3 e EB-4).

As pessoas que assinam um contrato com uma empresa nos Estados Unidos são elegíveis para imigração baseada em emprego. Quando se trata de procura de emprego, a educação é a chave! Com qualificações mais altas, as chances de ser contratado por uma empresa americana aumentam (Vistos EB-2 e EB-3). O visto ficará então vinculado ao respectivo cargo e ainda não confere um direito de residência vitalício nos Estados Unidos. No entanto, oferece uma grande oportunidade para estabelecer um meio de vida na América e conhecer melhor o país e seu povo.

O queridinho do momento é o Visto EB-2 NIW, que não vincula o aplicante a nenhum empregador. É uma self-petition, onde o aplicante ao visto se garante por suas próprias qualidades excepcionais.

O Visto EB-1 tem algumas variações, mas, em geral, é aplicado para professores, cientistas, pesquisadores, etc., já o EB-1C é voltado para executivos de multinacionais, que estão nos EUA com o visto L-1.

O Visto EB-4 é para religiosos que entraram nos EUA através do visto R.

Imigração via investimento

Os empreendedores são sempre bem-vindos nos Estados Unidos – desde que tragam capital suficiente e planejem criar empregos para pelo menos dez funcionários nos EUA nos próximos dois anos após seu investimento. O valor do capital mínimo exigido varia entre $ 900.000 e $ 1.800.000, dependendo do estado. A imigração via investimento é particularmente interessante para os trabalhadores independentes que dispõem de bens suficientes, este é o Visto EB-5.

Importante ressaltar que, para cada tipo de visto há uma gama de requisitos que devem ser atendidos para a aprovação dos mesmos.

Trabalhar nos EUA

De lava-louças a milionário? Como nenhum outro lugar, a terra das oportunidades ainda oferece muitas maneiras para os imigrantes se tornarem quem sempre quiseram ser.

Uma boa educação é uma vantagem porque os trabalhadores qualificados têm as melhores chances de encontrar trabalho nos EUA. Como uma nação industrial, a economia dos Estados Unidos é fortemente moldada pelo setor de serviços. Portanto, com toda certeza, há uma alta demanda nas seguintes profissões: área da saúde e ciências em geral, especialistas em TI, engenheiros civil, eletricista, mecânico, entre outras.

Em qual estado dos EUA devo morar?

Os imigrantes dos EUA têm muitas opções: em qual dos 50 estados americanos de tirar o fôlego você deveria morar? A América é famosa por sua diversidade e se você já esteve lá – seja como turista ou estudante – saberá do que estamos falando quando dizemos o quão bonito e diferente é cada canto dos EUA. Os climas e as pessoas mudam à medida que você vai da costa leste para a costa oeste. Não importa onde você vá nos EUA, você certamente encontrará americanos que contarão com orgulho a história de imigração de sua família. De acordo com o United States Census Bureau, havia cerca de 43,1 milhões de pessoas de primeira geração (nascidas no exterior) vivendo nos Estados Unidos em 2015 e representavam cerca de 13,5% da população dos EUA. E quem sabe você pode ser o próximo!  

A população da América é tão multifacetada quanto seus climas, paisagens, flora e fauna! Se você prefere as montanhas escarpadas, o isolamento e o clima ártico, talvez tenha em mente o Alasca, se quer frio, mas não tanto, os estados do norte são as melhores apostas, como Michigan, Rode Island, Massachusetts. Quem prefere sol, praia e clima tropical encontrará tudo o que deseja e muito mais na Flórida, mas se você gosta de surf e clima mais ameno, a Califórnia na costa oeste é mais indicada. Já se você é mais country as apostas são para estados como Texas, Kentucky, Colorado, Missouri, Tennessee. Enfim, com um Green Card em mãos, suas opções estão abertas! 

Orientação importante!

Quando pensar em se mudar para os EUA, busque orientação de um advogado especialista em imigração americana. Planejar cada passo, bem orientado, fará toda a diferença para o alcance de seu “American Dream”.

Dr. Witer DeSiqueira

Witer DeSiqueira & Pessoni an International Law Corporation

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração