QUANTO UM IMIGRANTE PRECISA GANHAR PARA PATROCINAR O "GREEN CARD" DE UM PARENTE?


Publicado em 06 Junho 2021

Compartilhe:      

QUANTO UM IMIGRANTE PRECISA GANHAR PARA PATROCINAR O

Baixar Podcast

Indivíduos que patrocinam seus pais, cônjuges ou irmãos para o USCIS devem comprovar renda acima do nível federal de pobreza, incluindo acompanhar a petição com declarações financeiras autenticadas de outros membros da família ou amigos.

Embora o governo do presidente Joe Biden tenha encerrado as mudanças na chamada regra de cobrança pública (Public Charge), os imigrantes que se candidatam a "green cards" ou cidadania ainda estão sendo avaliados para saber se podem se sustentar ou se alguém pode ajudá-los enquanto não conseguem encontrar trabalho.

O precedente é porque as disposições ainda estão no Immigration and Citizenship Act (INA) , mas as regras não são tão rígidas como as promovidas pelo governo Donald Trump.

Ainda assim, cabe aos funcionários dos Serviços de Cidadania e Imigração ( USCIS ) e aos funcionários consulares que avaliam os pedidos de qualquer tipo de visto, incluindo um visto de turista, determinar se uma pessoa pode se tornar um encargo público para os Estados Unidos

As pessoas que patrocinam seus familiares, sejam pais, cônjuges ou irmãos, podem integrar informações financeiras para que as autoridades considerem que essas pessoas não representarão um “fardo” para as finanças do governo.

Para um oficial do USCIS considerar viável conceder Residência Permanente a uma pessoa, o patrocinador deve ter uma renda de 125% do nível de pobreza federal.

Isso significa mostrar uma renda de pelo menos $ 44.475 anualmente se a família tiver pelo menos três membros.

Especialistas apontam que as avaliações de imigração são discricionárias, ou seja, os agentes revisam toda a documentação e determinam se uma pessoa pode representar um ônus ou não, por isso os advogados de imigração sugerem a integração de documentos que embasem um pedido.

“Os candidatos ao green card familiar devem mostrar que não se tornarão um encargo público; em outras palavras, que eles não vão precisar de assistência pública”, lembra o advogado de imigração Dr. Witer DeSiqueira.

Agora, esse número vai depender do número de membros da família e se a pessoa relatando a renda está patrocinando outra pessoa em um processo de imigração.

Lembre-se de consultar os advogados em caso de dúvidas antes de enviar uma petição de imigração ao USCIS, a fim de evitar despesas desnecessárias e, acima de tudo, o fracasso do pedido.

 

Witer DeSiqueira e Pessoni,

an International Law Corporation

 

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.