Witer, Pessoni & Moore An International Law Corporation ®

+55 (62) 9 8584-2101 – [email protected]

Motivos que levam a uma negativa na renovação do visto de turismo

Apesar de não ser algo muito comum de acontecer, existem casos em que pessoas que já possuíam o visto de turismo dos Estados Unidos, viajaram ao país sem infringir quaisquer normas migratórias, mas são negadas ao tentarem solicitar uma renovação.

Neste artigo trago alguns itens que podem ser considerados fortes indícios de motivos para a renovação de um visto ser negada.

Os possíveis motivos:

1 – O oficial consular pode ter dúvidas sobre a intenção do solicitante de imigrar para os EUA. Caso o solicitante tenha parentes ou amigos próximos nos EUA, tenha feito várias entradas no país em um curto período de tempo ou esteja desempregado, o oficial consular pode acreditar que o solicitante planeja residir ilegalmente nos EUA através do novo visto.

2 – O solicitante pode não ter laços fortes com seu país de origem. O oficial consular deseja ver evidências de que o solicitante tem um emprego, uma casa e uma família em seu país de origem, aos quais retornará após sua viagem aos EUA. Caso o solicitante não tenha fortes laços com seu país de origem, o oficial consular pode acreditar que não há nada que o impeça de constituir residência ilegal nos EUA.

3 – O solicitante pode ter feito mudanças drásticas em sua vida desde que o último visto foi emitido. Caso o solicitante tenha se casado, teve filhos ou começou um novo emprego desde que o último visto foi emitido, o oficial consular deseja ver evidências de que essas mudanças não afetarão sua capacidade de retornar ao seu país de origem após sua viagem aos EUA.

Se você for negado na renovação do visto B1/B2, poderá aplicar novamente no futuro. No entanto, você precisará abordar as preocupações do oficial consular que negou seu visto em seu novo pedido. Você pode fazer isso fornecendo evidências adicionais de seus laços com seu país de origem, sua intenção de retornar ao Brasil e sua capacidade financeira de se sustentar durante sua viagem.

Aqui estão algumas dicas para aumentar suas chances de sucesso ao se candidatar novamente a um visto B1/B2:

1 – Forneça informações detalhadas sobre a sua vida em seu país de origem, como seu emprego, casa, família e situação financeira.

2 – Deixe bem claro quais são os seus planos de viagem e qual será a duração da sua estadia em solo americano.

3 – Forneça evidências documentais sobre os seus vínculos e responsabilidades no país de origem, como contratos de aluguel, contratos de prestação de serviço, carteira assinada, financiamentos, matrículas escolares etc.

4 – Procure sempre a ajuda de um profissional qualificado e experiente para auxiliá-lo nas aplicações de visto.

Esses itens podem ajudá-lo a maximizar o seu êxito, mas lembre-se, esteja preparado para fornecer informações assertivas sobre a sua aplicação caso haja a necessidade de uma entrevista consular.

Por último, caso o aplicante tenha o visto negado, mesmo após seguir as orientações apresentadas, torna-se indispensável um estudo mais aprofundado do caso em particular, sendo desejável o auxílio de um advogado de imigração.

Dr. Witer DeSiqueira

Advogado de Imigração – (OAB/GO – 27.288)

Witer, Pessoni & Moore An International Law Corporation

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *